Equipe da Assistência Social aproveita para esclarecer dúvidas.

Nesta sexta-feira, 27, o prefeito Edinho Araújo entregou, por meio da Secretaria de Assistência Social (Semas), 38 carteirinhas do Passe Gratidão a idosos acima de 65 anos, no auditório Juan Bérgua, às 9 horas da manhã. O total de beneficiados nesta remessa são 117 pessoas, mas os que não compareceram devem retirar a carteirinha no CRAS mais perto de sua casa.

Antes da entrega, a equipe da Semas fez mini-palestras com assuntos pertinentes às pessoas assistidas pela Prefeitura. A assistente social Maria Teresa Poiati Villar falou sobre o BPC – Benefício de Prestação Continuada, com informações didáticas e úteis, esclarecendo dúvidas.

“Nas entregas das carteirinhas, sempre convidamos uma secretaria para falar dos serviços oferecidos pela Prefeitura de Rio Preto à população. Muitos desconhecem, então sempre é uma oportunidade de informá-los, conversar com eles, mesmo que no CRAS tenhamos equipe especializada,” disse Maria Teresa Poiati Villar.

Com informações didáticas e úteis, ela falou sobre o BPC – Benefício de Prestação Continuada – que beneficia pessoas acima de 65 anos, deficientes e famílias com renda inferior a ¼ do salário mínimo. O CRAS faz o Cadastro Único do interessado, envia ao INSS que avalia e paga um salário mínimo mensal à família. Mas atenção: este cadastro deve ser atualizado a cada dois anos, senão o pagamento é suspenso. O prazo para atualização vai até 31 de dezembro deste ano. O serviço é gratuito. Não precisa de advogado.

Em seguida, a assistente social Camila Pacífico Sparvoli falou dos serviços que a Prefeitura presta em benefício das pessoas, que estão espalhados nas 10 regiões da cidade. Lembrou da importância de participar das audiências públicas do Plano Diretor, que estão sendo realizadas em cada região. Já foram realizadas duas, nos distritos de Schmitt e Talhado.

Entre os beneficiados com o Passe Gratidão, o aposentado Matias Portilho, 65 anos, agora vai andar muito de ônibus, para conhecer melhor a cidade. “Vai ser muito proveitoso,” disse ele que foi carteiro em 1973 quando a cidade acabava na Vila Mayor. “Éramos apenas quatro carteiros, rodando de bicicleta,” contou.

O pedreiro Antônio Vicente, 65 anos, estava feliz. “Vou economizar muito. Moro no Solo Sagrado e agora vou poder ir para qualquer canto!,” disse.

O Passe Gratidão permite o transporte gratuito dos idosos nos ônibus urbanos, evitando apresentação do RG. Para solicitá-lo, o interessado deve procurar uma unidade do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), levando comprovante de residência, RG e foto 2×2. A carteirinha é gratuita.

Fonte