O método utilizado para atingir estas premissas consiste na utilização de praticas circulares.

A Unidade de Atendimento de São José do Rio Preto, em parceria com a Psicóloga Maria Amélia Mussi da Associação dos Escreventes Técnicos Judiciários do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, iniciou projeto que tem como proposta a JUSTIÇA RESTAURATIVA, de forma a desenvolver um sistema de apoio aos egressos, familiares e prestadores de serviço atendidos pela CAEF e CPMA.

O objetivo dos encontros consiste em promover uma cultura de paz, reduzir conflitos e promover um sentimento de pertencimento, além de melhorar a qualidade dos relacionamentos interpessoais.

O método utilizado para atingir estas premissas consiste na utilização de PRATICAS CIRCULARES que são práticas inclusivas e democráticas de incentivo ao respeito mútuo.

Utilizando essa técnica busca-se a construção da paz para desenvolver a inteligência emocional, promover a cultura da paz e construir relacionamentos saudáveis.

Através desta parceria a Unidade de Atendimento de São José do Rio Preto realizará encontros semanais todas as quartas feiras, das 9h às 11h de forma a promover aos usuários a oportunidade de aperfeiçoamento pessoal e desenvolvimento emocional como estratégia de reintegração social.

Fonte